Águas de Joinville dá continuidade às vistorias domiciliares para orientar a população sobre a correta ligação de esgoto

Entre janeiro e março deste ano, a Companhia Águas de Joinville deu andamento à vistoria domiciliar nos bairros Bom Retiro, Saguaçu, Costa e Silva e Espinheiros. Dos mais de mil imóveis que passaram pela vistoria, 66% apresentaram irregularidades, sendo as mais comuns: problemas na caixa de gordura, não conexão à rede de esgoto e ligações incorretas da água da chuva na rede coletora.

As ações continuam nos bairros citados, mas também estão sendo feitas em outras regiões. “Hoje a fiscalização está sendo realizada em todos os bairros de Joinville que possuem rede coletora de esgoto ativa. Basta o morador entrar em contato com a Águas de Joinville e solicitar a vistoria”, explica a coordenadora de coleta e transporte de esgoto da Companhia, Dalva Schnorrenberger.

Publicidade
Leia também:  Movimenta Joinville Bike estreia com visita à Arena Joinville e circuito pela região central

O pedido pode ser feito pelo número (47) 99944-8729 ou gratuitamente pela Central Telefônica 115. O serviço, que não tem custo para o morador, é realizado por profissionais da empresa terceirizada Terra Norte. A empresa também faz contato ativo por telefone para agendar as visitas. No caso de prédios residenciais ou comerciais, o síndico também pode entrar em contato com a Águas de Joinville para fazer o agendamento.

A fiscalização verifica se as ligações das residências à rede coletora estão corretas. As condições das caixas de gordura também são observadas, como localização e dimensionamento correto. O objetivo é combater as ligações irregulares que causam mau cheiro, contaminam o meio ambiente e causam extravasamentos nas ruas e refluxo de esgoto nos imóveis.

Leia também:  Defesa Civil de Joinville monitora a possibilidade de maré alta nos próximos dias

Caso alguma irregularidade seja encontrada, o morador é orientado a providenciar a correção em até 60 dias e informar à Águas de Joinville. Quem não cumprir as adequações está sujeito à multa.

Os profissionais precisam entrar no imóvel para realizar a vistoria. As duplas de fiscais vestem camiseta azul e são identificadas com o nome da terceirizada e a escrita “a serviço da Águas de Joinville” nos uniformes e nos carros. Eles também portam crachá com a identificação da companhia. O proprietário ou o locatário precisa estar no imóvel para receber os fiscais. Se não for possível, o morador presente deve ser maior de 18 anos.

A Águas de Joinville conta com o apoio da população para essa ação e ressalta a importância dos moradores atenderem a equipe da Terra Norte. A fiscalização domiciliar já é uma prática da Companhia desde 2014, visando garantir a instalação correta das ligações domiciliares de esgoto, orientar em caso de irregularidades e contribuir com o meio ambiente, já que a conexão adequada evita extravasamentos de esgoto nas ruas e refluxo nas casas.

Leia também:  Restaurante Popular do Bucarein inicia atendimento diário e serviço no jantar
Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui