Camboriú sai na frente, mas cede empate

Confronto foi emocionante e acabou em 1 a 1

O primeiro jogo da final do Campeonato Catarinense, entre Camboriú e Brusque, terminou empatado em 1 a 1 na noite desta quarta-feira, no Estádio das Nações, em Balneário Camboriú. Juliano marcou para a Cambura, no primeiro minuto de jogo,  e Fernandinho deixou tudo igual para o Marreco. O Brusque, pela melhor campanha no estadual, tem a vantagem de jogar por dois resultados iguais. O time só precisa do empate pra ser campeão. O Camboriú precisa da vitória no próximo sábado, às 16h30, no Augusto Bauee.

Publicidade

O jogo começou em ritmo alucinante, com apenas um minuto o Camboriú conseguiu furar a defesa do Brusque e abriu o placar com Juliano chutando forte de fora da área para vencer o goleiro Ruan Carneiro. Com apoio da torcida,  o Camboriú quase marcou o segundo aos 13 minutos, quando Léo Campos cruzou e Bruno Mota deu um carrinho: a bola foi lentamente para o gol e parou sobre a linha.

Leia também:  JEC Futsal vence o Praia Clube e mantém a liderança na Liga Nacional

O Brusque cresceu na partida e começou a pressionar. Fernandinho e Alex Sandro tiveram boas chances mas não superaram o goleiro Gabriel Félix. A melhor oportunidade do Marreco  foi aos 39 minutos do primeiro tempo, quando o artilheiro Fernandinho lançou Alex Sandro que ficou cara a cara com o goleiro do Camboriú. O goleirão  mostrou agilidade e conseguiu interceptar o lance de perigo antes da conclusão. No fim da primeira etapa do lance polêmico, Alex Sandro fez fila, invadiu a área adversária, caiu e pediu pênalti, mas o árbitro Bráulio Machado considerou o lance simulação.  O atacante ganhou cartão amarelo, gerando muita reclamação por parte dos jogadores do Brusque.

Briga na torcida

Uma confusão entre torcedores do Brusque atrasou o início do segundo tempo. A Polícia Militar precisou intervir para acalmar os ânimos. Quando a bola voltou a rolar, os visitantes continuaram a pressionar e chegaram ao gol de empate, aos 15 minutos. Fernandinho chutou de trivela e deixou tudo igual. O gol de empate acordou o Camboriú, que voltou a comandar as ações ofensivas mas sem levar perigo a meta defendida por Ruan Carneiro. Léo Campos assustou em cobrança de escanteio e quase fez um gol olímpico, mas a grande chance do segundo tempo foi do artilheiro da Cambura, Bruno Mota, cabeceou forte aos 34 minutos e Ruan Carneiro operou um milagre salvando o Brusque. Nos acréscimos o zagueiro Wesley Santos levou o segundo amarelo após colocar a mão na bola fora da área e foi expulso. O jogo acabou empatado.

Leia também:  Nadadora joinvilense é campeã da Maratona Aquática da Ilha do Mel

A definição do campeão do Campeonato Catarinense vai ficar para o próximo sábado, 2, às 16h30, quando o Brusque receberá o Camboriú no Estádio Augusto Bauer.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui