Junho Laranja: oncologista do Hapvida NotreDame Intermédica alerta para a importância dos cuidados com a saúd e do sangue

Junho Laranja: oncologista do Hapvida NotreDame Intermédica alerta para a importância dos cuidados com a saúde do sangue

Uma das datas celebradas neste mês de junho é marcada pela cor laranja, que simboliza a campanha dedicada ao diagnóstico, prevenção e tratamento de doenças hematológicas. A anemia e a leucemia são doenças que afetam o sistema sanguíneo e podem ter consequências significativas para a saúde dos indivíduos. A anemia é caracterizada pela redução dos glóbulos vermelhos ou da capacidade de transportar oxigênio no sangue, resultando em fadiga, falta de ar e fraqueza geral. Já a leucemia é um tipo de câncer que se desenvolve nas células produtoras de sangue, afetando a produção e o funcionamento adequado dos glóbulos brancos.

Publicidade

A iniciativa tem como objetivo alertar a população sobre os fatores de risco dessas doenças, com ênfase na importância de um estilo de vida saudável, o que inclui uma dieta equilibrada e a prática regular de atividades físicas. Além disso, incentiva a realização de exames de rotina e consultas médicas periódicas para um diagnóstico precoce, o que é essencial para um tratamento eficaz.

Leia também:  Dança no Mirante é uma das novidades do 40º Festival de Dança de Joinville

Conforme Paula Marinho, oncologista pediátrica do Hapvida NotreDame Intermédica, os principais sintomas da leucemia linfoide aguda, que é o câncer mais comum da infância, são palidez, manchas roxas e dor óssea. O diagnóstico é feito por meio de um exame chamado mielograma, no qual se coleta sangue da medula óssea para fazer a análise. “O tratamento das leucemias agudas é feito principalmente com quimioterapia. Pode ser feita a radioterapia, em casos especiais. Não tem como preveni-la, e sim fazer o diagnóstico precoce para iniciar o tratamento o quanto antes e, assim, ter maiores chances de cura.”

Anemia

A campanha de saúde de junho faz, também, um alerta sobre a prevenção e tratamento da anemia. Ela é detectada com um exame simples do sangue, o hemograma. O tratamento depende da causa: quando é por deficiência de ferro, é feita a ingestão do nutriente; se for deficiência de vitamina B12, faz-se a reposição.

Leia também:  Ginecologista do Hapvida NotreDame Intermédica ressalta a importância da amamentação para a saúde da mãe e do bebê

“Se for anemia falciforme, que é uma doença que causa deformidade nas hemácias, o tratamento é baseado nos sintomas do paciente. A melhor maneira de prevenir é fazer uma dieta rica em carnes, frango, peixe, ovo, feijão e vegetais verdes escuros”, orienta.

Sobre o Hapvida NotreDame Intermédica

A fusão entre a Hapvida e a NotreDame Intermédica, em fevereiro de 2022, levou à criação da maior empresa de saúde e odontologia do Brasil. Com mais de 68 mil colaboradores, atende cerca de 16,1 milhões de beneficiários de saúde e odontologia, que têm à sua disposição a maior rede própria de atendimento presente nas cinco regiões do país. Todo o aparato da companhia foi construído a partir de uma visão abrangente e integrada, voltada ao cuidado da saúde por meio de 84 hospitais, 78 prontos atendimentos, 335 clínicas médicas e 269 centros de diagnóstico por imagem e coleta laboratorial, além de unidades especificamente voltadas ao cuidado preventivo e crônico. Desta combinação de negócios, apoiada em qualidade médica e inovação, resulta uma empresa com os melhores recursos humanos e tecnológicos para os seus clientes.

Leia também:  Companhia Águas de Joinville trabalha para consertar rompimento na rede de abastecimento