Lançamento da campanha para incentivar adoção responsável, castração e microchipagem de animais

A Prefeitura de Joinville lançou uma campanha sobre adoção responsável de animais, castração e microchipagem.

Publicidade

O objetivo é incentivar essas ações para contribuir com o bem-estar dos bichinhos de estimação. As peças publicitárias fazem referência à “plaquinha da vergonha” para pessoas que abandonam seus pets.

Em um vídeo, por exemplo, o cãozinho sugere que é uma vergonha seu tutor querer abandoná-lo apenas porque o pet fez xixi no tapete. Em outro material em vídeo, o tema abordado é a importância da castração e da microchipagem. A tutora recebe a “plaquinha da vergonha” por não ter tido atenção com esses importantes cuidados. O vídeos podem ser vistos no canal da prefeitura no YouTube (www.youtube.com/prefeituradejoinvilleoficial).

Já em um áudio, um gato pergunta para o cãozinho se ele ainda está esperando pelo seu tutor, mesmo após muito tempo sozinho na rua.

Em Joinville, a Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente (Sama) resgata animais que estão feridos e se encontram abandonados. Ele recebem tratamento médico-veterinário e passam o período de tratamento no Centro de Bem-Estar Animal (CBEA). Depois de recuperados, podem ser adotados.

Leia também:  Três linhas do transporte coletivo têm itinerário alterado temporariamente durante obra na rua Sorocaba

A adoção é a aceitação voluntária e legal por uma pessoa que se compromete a manter o animal em boas condições durante sua vida. Bem-estar animal é proporcionar um ambiente seguro, limpo, com água e comida, livre para expressar o comportamento natural e atendimento médico-veterinário sempre que necessário.

“A convivência com animais de estimação nos traz inúmeros benefícios físicos e mentais, dentre tantos podemos evidenciar a redução do estresse, da solidão e o desenvolvimento da empatia. No entanto, um cãozinho ou gato não é um brinquedo descartável, é um amigo para a vida toda e isso deve estar claro no momento da adoção. É preciso entender que esse animal já foi abandonado uma vez e que precisa de todos os cuidados, merece respeito e carinho. Adotar é um ato de amor e de responsabilidade”, reforça Elisabet de Souza Mendes, gerente do Centro de Bem-Estar Animal.

Leia também:  Prefeitura de Joinville abre novas turmas de aulas gratuitas de português para estrangeiros

A Prefeitura de Joinville disponibiliza em seu próprio site a feira on-line Adote um Amigo. No link (bit.ly/FeiraAdoteUmAmigo), os interessados podem ver fotos de animais que estão aguardando por um lar, preencher o formulário e aguardar o retorno do CBEA que vai passar as orientações sobre a adoção.

O Centro de Bem-Estar Animal fica na estrada Blumenau, km 11, Vila Nova e funciona das 10h às 16h.

Microchipagem e castração

Todos os animais que recebem tratamento no CBEA são castrados e microchipados antes da adoção. “A exceção é para os filhotes, que aguardamos o tempo adequado para a castração. Quem adota ou dá lar temporário para os animais resgatados pelo CBEA recebe ficha para a castração gratuita”, explica Elisabet.

Além disso, a equipe da Sama realiza mutirões de microchipagem. O último foi no Morro do Amaral e os próximos serão realizados nos bairros João Costa e Parque Guarani. As datas e locais serão divulgados em breve.

Leia também:  Execução de hino em escolas de Joinville motiva moção aprovada na Câmara

A microchipagem de animal doméstico (caninos e felinos) é uma técnica que permite a identificação por meio de um dispositivo eletrônico (microchip) implantado sob a pele do bichinho. Os objetivos são garantir a tutela responsável, coibir o abandono e facilitar a localização dos tutores em casos de animais perdidos.

Em Joinville, a microchipagem é gratuita se o tutor tiver renda familiar de até três salários mínimos e integrar o Cadastro Único para Programas Sociais. O procedimento também é de graça para quem adotou o animal em alguma ONG de proteção animal. Para requerer, basta acessar o link no site da prefeitura (bit.ly/MicrochipagemAnimaisJlle).

O custo da microchipagem para quem não preencher os requisitos de gratuidade é de 0,12 UPM por animal.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui