Noite de Gala do 39º Festival de Dança de Joinville é marcada pela intensidade de Shakespeare e Tchaikovsky e por presenças ilustres

A aguardada Noite de Gala, realizada pela última vez em 2015, retorna à programação do Festival de Dança de Joinville com um sabor ainda mais especial: a apresentação de Mayara Magri, uma consagrada profissional da dança com uma íntima relação com o Festival.

Começou no Meia ponta, passou pelas categorias Júnior e Sênior e teve seu talento reconhecido em 2010, na 28ª edição, com o prêmio de Melhor Bailarina.

A conquista de Mayara levou à uma bolsa, que pavimentou o caminho até o Royal Opera House, onde hoje atua em Londres, na Inglaterra, como primeira bailarina, juntamente com o seu partner de palcos e de vida, Matthew Ball. A Noite de Gala é uma oportunidade única de rever de perto este talento internacional da dança, que intepreta papeis em “Otelo, o Mouro de Veneza” e “Romeu e Julieta”, as duas histórias de William Shakespeare contadas em “ST Tragédias”, ao som de Tchaikovsky.

Publicidade

Outro ponto alto da noite é a celebração dos 30 anos de parceria artística de Ana Botafogo e Marcelo Misailidis. Os consagrados profissionais dançaram juntos pela primeira vez no Festival, na década de 90; já atuaram como consultores artísticos do evento; e retornam para a 39ª edição como diretores.
Confira os primeiros indicados da Mostra Competitiva

O 39º Festival de Dança de Joinville já tem os primeiros indicados para as premiações especiais da Mostra Competitiva.

Melhor Bailarina
• Bruna Chebile, do Grupo Buena Danza.
• Luciana Sagioro, da Companhia Petite Danse.
• Gutielle Ribeiro, da Companhia de Jazz Emaline Laia.
• Sophia Yamazaki, da Lapidari Companhia de Dança.

Leia também:  Nuvem com aparência curiosa chama atenção no céu de Joinville

Melhor Bailarino
• Daniel Anthony, do Balé Jovem de São Vicente.
• Marcos Monteiro, da Companhia Petite Danse.
• Natham Fernandes, do Studio Arte Dança.

Melhor Coreógrafo
• Claudionor Alves, do Balé Jovem de São Vicente.
• Diogenes Pivatto, do Ginga Espaço de Dança.
• Gutielle Ribeiro, da Companhia de Jazz Emaline Laia.
• Wald Oliveira, do Grupo de Dança A.D. Hering.

As listas são divulgadas ao longo da programação do evento. O resultado final deve ser divulgado após a oitava noite da Mostra Competitiva, em 28 de julho. Os vencedores dançarão nas duas Noites dos Campeões, em 29 e 30 de julho.
Sessão de autógrafos com Luciana Sagioro movimenta a Feira da Sapatilha

A Feira da Sapatilha é indiscutivelmente um dos principais pontos de encontro para participantes e público do 39º Festival de Dança de Joinville. Na manhã deste domingo, 24 de julho, o Expocentro Edmundo Doubrawa teve um motivo extra para atrair visitantes: a sessão de autógrafos com Luciana Sagioro no estande da Só Dança, que movimentou o entorno e gerou filas e mais filas de admiradores da bailairina da Escola da Ópera De Paris. A profissional que hoje encanta plateias internacionais já teve seu talento reconhecido inclusive no próprio Festival, em 2017, com o prêmio de Melhor Bailarina do Festival Meia Ponta.

Leia também:  Novos guardas municipais de Joinville recebem formação em armamento e tiro
Foto: Maykon Lammerhirt

B.boys e B.girls disputam no Reencontro das Ruas duas vagas para competição mundial

Quem passou em frente ao Saltare Centro de Dança neste domingo, 24 de julho, percebeu uma vibe diferente. Os sons das batidas e dos aplausos atraíram quem passava pela Orestes Guimarães a conferir o Reencontro das Ruas, realizado nos dias 23 e 24 de julho, na Escola de Educação Básica Professor Germano Timm.

“Essa sinergia entre o esporte e a dança em um mesmo evento é inédita. Aqui é a minha casa”, afirma José Bispo de Assis, mais conhecido como Bispo SB. Bispo é diretor técnico de breaking do CNDD (Conselho Nacional de Dança Desportiva) e já participou de edições anteriores do Encontro das Ruas, nome anterior do Reencontro.

O segundo dia da programação teve como atrativos o Campeonato Brasileiro de Breaking e as batalhas de MCs. No sábado, a competição contou com a participação de 24 duplas para filiação no CNDD. Já no domingo, foram 16 b.boys e oito b.girls. Aos jurados, coube a missão de definir o b.boy e a b.girl contemplados com passagem, hospedagem, alimentação e vaga para o The World Battled, que será realizado de 28 de agosto a 6 de setembro, em Porto, Portugal.

Leia também:  Binário das ruas XV de Novembro e Arthur Baechtold começa a valer neste fim de semana

K-Pop reúne 15 grupos aficionados pela cultura coreana

Dançar e fazer lipsync de hits dos seus ídolos coreanos, em um palco profissional, e obter reconhecimento e premiações. Esta foi a experiência vivenciada por 15 grupos na tarde deste domingo, 24 de julho, no 3º K-Pop Joinville Festival. Mas não foram apenas os participantes que subiram ao palco do Teatro Juarez Machado. O jurado Heron Hayashi abriu a programação do evento com uma performance que arrancou gritinhos entusiasmados do jovem público, que lotou o local.

A comissão de jurados, complementada por Allyssan Marie e Lucas Olly, teve a missão de avaliar e determinar os três primeiros colocados para levar as premiações em dinheiro de R$ 500 (terceiro lugar), R$ 800 (segundo lugar) e R$ 1,5 mil (primeiro lugar). Os critérios avaliados foram sincronia, carisma, lipsync e figurino.

Foto: Maykon Lammerhirt
Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui