Podemos filia Rodrigo Fachini e define rodízio para futuros eleitos

Os Rodrigos, Fachini e Coelho, vão fazer dobradinha em Joinville na disputa para deputado estadual e deputado federal. Foto: Divulgação.

O Podemos vai filiar na próxima segunda-feira o ex-vereador joinvilense Rodrigo Fachini. De saída do Psdb, onde concorreu a vice-prefeito nas eleições de 2020 na chapa liderada pelo deputado federal Darci de Matos (Psd), ele vai disputar uma cadeira na Assembleia Legislativa. Chega ao partido para compor dobradinha com o deputado federal Rodrigo Coelho (Podemos) e em acordo com o governo Carlos Moisés (Republicanos), que prometeu fortalecer as chapas do partido.

Já se ambientando no partido, Fachini participou da reunião híbrida realiza pelo presidente estadual da legenda, Camilo Martins, com os pré-candidatos da eleição proporcional. Nas contas do Podemos, o partido tem condições de eleger dois deputados federais e quatro deputados estaduais. Ficou definido também, em resolução partidária, que os eleitos em outubro deste ano se comprometem a realizar rodízio para ascensão de suplentes duas vezes ao longo do mandato.

Publicidade
Leia também:  Prefeito Adriano Silva reúne vereadores para discutir transporte coletivo de Joinville

A filiação de Fachini será realizada em um restaurante no bairro Fátima, em Joinville, e está sendo promovido pelo Podemos local. A chegada do ex-vereador foi acertada com o presidente da executiva municipal, André Ramos, e com o vereador Brandel Junior, além do próprio Rodrigo Coelho. Fachini, que já foi vereador por duas legislaturas em Joinville, é próximo do deputado federal. Ambos foram vereadores juntos. Coelho, enquanto vice-prefeito, assumiu a prefeitura e abriu mão para Fachini ocupar interinamente o cargo por alguns dias, em 2015. Na ocasião, Fachini era presidente da Câmara de Joinville.

Em 2018, Fachini concorreu a deputado estadual pelo Mdb e recebeu 19,4 mil votos.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui