Prefeitura alerta para alto número de pessoas que faltam ao atendimento nos CRAS de Joinville

A Prefeitura de Joinville, por meio da Secretaria de Assistência Social (SAS), alerta para o alto número de faltas nos atendimentos agendados nos Centros de Referência da Assistência Social (CRAS). No período de janeiro a abril deste ano, a taxa de faltantes nesses locais passa de 30%.

Nos nove CRAS de Joinville, ocorreram 2.133 faltas de janeiro a abril deste ano, o que corresponde a 33% dos atendimentos agendados para usuários do Programa de Atenção Integral à Família (PAIF). Ou seja, a cada dez pessoas agendadas para serem atendidas, três não vão e não avisam com antecedência. Nesses mesmos locais, 2.451 pessoas deixaram de ir nos atendimentos para usuários do Cadastro Único, resultando em 35,74% de abstenção.

Publicidade
Leia também:  Companhia Águas de Joinville realiza obra para interligação da rede de esgoto na avenida Paulo Schroeder

Segundo Luciana Cabral, gerente de Proteção Social Básica da SAS, o principal impacto é para a própria população, pois as faltas acabam atrasando a fila de espera.

“Se não ocorressem essas faltas, conseguiríamos atender a população com muito mais rapidez”, explica a gerente.

No caso do cidadão precisar reagendar antecipadamente seu atendimento, é preciso contatar o próprio CRAS, no balcão da unidade ou por telefone o quanto antes.

“Com a informação antecipada que o usuário não poderá comparecer na data marcada, podemos usar esse horário que estava reservado para ele e atender outra pessoa. O quanto antes puder avisar, melhor”, informa Luciana.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui