Seis árvores de pau-brasil são plantadas na travessa Dr. Norberto Bachmann

A movimentação de equipes trabalhando na travessa Dr. Norberto Bachmann é intensa, mas nesta segunda-feira (25/4), o plantio de árvores de pau-brasil chamaram a atenção de quem passava pelo local. Seis exemplares de pau-brasil estão sendo plantadas ao longo da via. A ação integra as obras de requalificação, realizadas pela Prefeitura de Joinville.

O gerente da Unidade de Parques, Praças e Rearborização Pública da Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente (Sama), Deivid Rodrigo Correa, explica que as antigas árvores eram da espécia pata-de-vaca e estavam com a raiz em uma parte rasa do solo e por isso precisaram ser removidas.

Publicidade

“Embaixo do asfalto, tinha um calçamento e as raízes foram ficando mais na parte superficial. Duas árvores conseguimos fazer o transplante para uma praça no bairro Jativoca. Outras acabaram caindo com o vento ou estavam num estágio final da vida”.

Leia também:  Passagem antecipada do transporte coletivo pode ser adquirida por meio de PIX

As seis árvores de pau-brasil plantadas na travessa são adultas, com mais de 15 anos, e vieram de um produtor de Pirabeiraba que cultiva as plantas e comercializa para outros estados brasileiros. Agora, a equipe técnica da SAMA vai acompanhar diariamente o desenvolvimento delas. O pau-brasil é uma árvore que pode chegar a 15 metros de altura e possui uma grande longevidade. Há um exemplar, na Bahia, com aproximadamente 500 anos.

O aposentado Jony Roberto Kellner, que também integra o Conselho da Cidade, passava pela travessa no momento do plantio do primeiro exemplar. “Eu acho importante preservar a história, mas preferia que fosse um ipê-amarelo”, comenta.

Luis Gustavo Ravazolo, que é biólogo da Prefeitura de Joinville e acompanha o trabalho na travessa Dr. Norberto Bachmann, explica que por questões técnicas, a prioridade para o plantio de ipê-amarelo é em praças e parques.

Leia também:  Esquadrilha da Fumaça faz apresentação em Joinville

“As folhas do ipê-amarelo caem durante o ano, então o efeito ornamental é muito curto. Elas são árvores indicadas para compor a arborização em um espaço com outras árvores”. Já o pau-brasil é o que chamamos de árvore perene, pois tem folhas o ano todo e floresce em determinado período”, informa o biólogo.

O farmacêutico Laércio Batista Junior tem um dos comércios mais tradicionais da travessa e participou de reuniões de planejamento para a revitalização da via.

“Eu estava justamente pesquisando sobre o pau-brasil”, conta, ao mostrar a tela do celular. “A revitalização é um processo muito importante para fazer uma cidade para as pessoas e garantir que o joinvilense viva a cidade”, conclui Laércio.

Requalificação da travessa Dr. Norberto Bachmann

Leia também:  Estão abertas no site da Prefeitura de Joinville as inscrições para a Conferência da Cidade

O objetivo com a requalificação da travessa Dr. Norberto Bachmann é criar um local mais humanizado e promover o convívio social. A nova arquitetura prevê pavimentação em paver, playground, bancos, bicicletário, paisagismo, sinalização viária, entre outros investimentos. A rua passará a ser uma via que se converte em um calçadão e pode receber feiras e outros eventos. O valor investido é de aproximadamente R$ 961 mil.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui